Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Exclusivo: Amigo de Picciani integrou projeto de Cabral com Oi e Suassuna

A Oi, que subcontratou a Gol Mobile de Jonas Suassuna, não foi a única parceira de Sérgio Cabral no programa Conexão Educação, que consumiu R$ 140 milhões e não deu em nada.

Uma auditoria interna, obtida por O Antagonista, mostra a Fetranspor e a Investiplan como “stakeholders” do projeto. A Fetranspor pagou milhões em propina a Cabral no esquema das empresas de ônibus, como revelou a Lava Jato no Rio.

A Investiplan é suspeita de ter sido privilegiada por Cabral nos contratos de informática de sua gestão. A empresa pertence a Paulo Trindade, amigo de Jorge Picciani, de quem costuma comprar embriões de gado – chegou a pagar R$ 1 milhão por 50% do clone de uma vaca premiada.

No caso do “Conexão Educação”, a Investiplan aparece como líder do consórcio Rio Digital,

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO