ACESSE

Exclusivo: Calero denunciou à PGR ameaça de morte de Lúcio Vieira Lima

Telegram

O Antagonista apurou que Marcelo Calero formalizou à PGR um pedido de investigação de crime de ameaça de morte por parte do deputado federal Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel.

Segundo Calero, a ameaça foi feita em novembro de 2016 numa conversa de Lúcio com o presidente da Fundação Palmares, Erivaldo Oliveira, que contou o caso ao ex-ministro.

Calero foi responsável pela queda de Geddel do governo Temer, após denunciar suas pressões pela liberação de um empreendimento imobiliário em Salvador.

Ao investigar o caso do ‘bunker’ de Geddel, a PGR descobriu que o apartamento no edifício La Vue foi adquirido com dinheiro de propina.

O FIM DOS AMIGOS DA ONÇA NO PLANALTO. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 39 comentários