Exclusivo: Cinco venezuelanos e um português representam Smartmatic no TSE

Telegram

O Antagonista obteve em primeira mão o instrumento particular de constituição do Consórcio Smartmatic – que, para vencer o pregão, ajustou sua proposta ao edital do TSE.

Nele, a empresa líder (Smartmatic Brasil) indica cinco venezuelanos e um português como pessoas “legalmente habilitadas” para representar o consórcio na concorrência.

Os indicados são o português Victor Manuel dos Reis e os venezuelanos Chandler Molina, Servio Altuve, Marta Blanco, Valentina Vaquero e Pedro Mugica.

Victor assina pelas duas empresas do consórcio (Smartmatic Brasil e Smartmatic International Corporation). Com sede em Barbardos, a SIC não tem autorização para participar de licitações no Brasil.

Comentários

  • Almir -

    Vovô já dizia: "Onde há fumaça..."

  • fredao -

    Mas tinham que ser da Venezuela ???????

  • josé -

    Dá para sentir cheiro de negócio não bem explicado. Smartmatic cobra R$ 2.334,00 por impressora. Uma impressora de cupom fiscal custa em torno de R$ 90,00 até 220,00 conforme o fornecedor. Curioso o valor de 10 vezes mais caro que as impressoras do mercado. Outro ponto mal cheiroso é esta empresa que tem sede na ilha de Barbados e sócios Venezuelanos e Portugueses???????!!!!!!! Tá na hora de jogar as claras pessoal e por tim tim por tim tim a limpo toda esta maracutaia, sob pena de mijares mais uma vez nas nossas costas.

Ler 134 comentários