ACESSE

EXCLUSIVO, Crusoé: com cambalacho, Lulinha tomou empréstimo no BNDES

Telegram

Documentos apreendidos pela PF na Gamecorp mostram que a empresa de Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, comprou equipamentos em 2013 usando dinheiro de um contrato de financiamento terceirizado do BNDES, informa Fabio Leite na Crusoé.

Um contrato revela que a Gamecorp, que tinha a Oi como sócia, usou um empréstimo a juros baixos concedido pelo banco estatal a outra empresa de Lulinha para comprar 36 decodificadores e conversores digitais por R$ 396 mil.

Leia a reportagem da Crusoé, aberta para não assinantes:

EXCLUSIVO: Com cambalacho, Lulinha tomou empréstimo no BNDES para comprar equipamentos

Lava Jato coloca a lupa sobre os negócios de Lulinha, que agora é alvo preferencial das investigações. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 45 comentários