Exclusivo: Dilma deu aval para frear Castelo de Areia, diz Palocci

Telegram

Antonio Palocci disse à Lava Jato que partiu de Dilma Rousseff, então ministra da Casa Civil, ordem para frear a Operação Castelo de Areia.

O Antagonista apurou que a petista pressionou a PF internamente para segurar as investigações, enquanto o STJ jogou a pá-de-cal ao anular o inquérito.

No fim de semana, a Veja publicou que a Camargo Corrêa repassou R$ 50 milhões para a campanha de Dilma em 2010.

O NOVO 7 x 1 BRASILEIRO Leia aqui

A Folha revelou dias atrás que a empreiteira teria pago R$ 5 milhões ao então presidente do STJ, César Asfor Rocha, para anular a operação.

Com base nessas informações preliminares, a Justiça de São Paulo suspendeu a destruição das provas do inquérito da Castelo de Areia.

Comentários

  • Reinaldo -

    Quanto mal esta gente já fez a este país! Houvesse a "Castelo de Areia" prendido quem deveria, milhares não teriam morrido nos corredores dos hospitais, muitos teriam casa própria e outros tantos bancos escolares estariam à disposição dos alunos carentes.

  • Brun -

    E alguns ainda são contra uma Intervenção Militar. O STF é podre, o STF é vendido, o STF esta acabando com o Brasil. Precisamos de uma faxina, começando pelo Judiciário que é o Poder mais corrupto dos 3.

  • Claudio -

    Dona Dilma sempre viveu num castelo de Conto de Fadas. Alguém acha que ela ia jogar areia? Se foi capaz de camuflar as decisões da Petrobrás por tanto tempo (tempo em que foi presidenta do CA), seria capaz de algo mais.

Ler 78 comentários