ACESSE

Exclusivo: Em delação, Palocci descarta vínculo do PT com morte de Celso Daniel

Telegram

O Antagonista apurou que Antonio Palocci, ao negociar sua delação premiada, descartou qualquer vínculo da cúpula do PT com o assassinato de Celso Daniel.

Ele defendeu a versão oficial de que o empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, teria planejado a execução do ex-prefeito de Santo André.

Palocci herdou o posto de coordenador da campanha de Lula em 2002, após a morte do colega de legenda.

O processo contra Sombra, denunciado em 2003, foi anulado pela Primeira Turma do STF, em dezembro de 2014, com votos de Marco Aurélio Mello (relator) e Dias Toffoli – que três meses depois passaria para a Segunda Turma.

Sombra, que sofria de câncer, morreu em setembro de 2016. Roberto Podval, seu advogado, dizia que o cliente era inocente.

Comentários

  • Ronaldo -

    Até parece que ele iria confessar a verdade e com isso se incriminar num crime de homicídio. Com o sombra morto não há como haver o contraditório.

  • Adriano -

    Evidente que está mentindo quanto ao envolvimento do PT na morte do Celso. Tanto é assim que os irmão e familia do assassinado pediram asilo politico a França e denunciaram a participação da cúpula do PT. https://istoe.com.br/69688_NOS+TIRARAM+O+DIREITO+DE+VIVER+NO+BRASIL+/

  • Gilberto -

    Ainda acredito muito estranho a queda do aviao do Teori, Justo quando ia afundar o PT. Fachin eh petista roxo, tudo foi muito bom para o PT.

Ler 145 comentários