Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Exclusivo: governo estuda modelo de certificação digital como alternativa à impressão do voto

Exclusivo: governo estuda modelo de certificação digital como alternativa à impressão do voto
Foto: Antonio Augusto/ASCOM/TSE

O Antagonista apurou que a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência estuda um modelo de certificação digital para garantir a auditagem do sistema de urna eletrônica, sem a necessidade da impressão do voto.

Um interlocutor envolvido no projeto diz que o custo de implementação seria baixo, pois o modelo usaria tecnologia de token, já disseminada no Judiciário e no Sistema Financeiro Nacional.

“Cada voto, individual, torna-se um documento digital. Bastaria acoplar às urnas um token de certificação”, defende a fonte. A ideia também é que a auditoria seja feita pelo Tribunal de Contas da União, e não pelo Tribunal Superior Eleitoral, órgão máximo da Justiça Eleitoral.

Qualquer mudança, porém, dependeria da aprovação pelo Congresso de uma Proposta de Emenda Constitucional.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO