EXCLUSIVO: ODEBRECHT DELATA JAQUES WAGNER

O Antagonista apurou que a Odebrecht delatou o ex-governador e ex-ministro Jaques Wagner por cobrar propina em troca da redução da carga tributária sobre a nafta na Bahia.

O acordo começou a ser negociado em 2008 e só saiu após acerto sobre o repasse do dinheiro ao então governador petista, que baixou de 11,75% para 5,5% o ICMS sobre o produto.

A medida beneficiou a Braskem – sociedade da Odebrecht com a Petrobras -, que prometeu investir no estado entre R$ 640 milhões e R$ 1 bilhão. Na delação, consta que Wagner recebeu sua parte por meio do Setor de Operações Estruturadas.

Seu codinome era “Opaió”.

Faça o primeiro comentário