Exclusivo: Os amigos de Guido e um contrato de R$ 233 milhões

O Antagonista obteve com exclusividade o contrato de compra e venda firmado entre o fundo Atrium Nações Unidas, de Victor Sandri e Henrique Peters (representados pelo BTG) e a WTorre Engenharia.

O negócio foi fechado em 18 de junho 2012 pelo valor de R$ 233 milhões referentes às unidades localizadas dos pavimentos 15 a 28da Ala A do condomínio WTorre Morumbi – então na planta.

Como revelamos em post anterior, o dinheiro não saiu do bolso de Victor e Henrique, amigos de Guido Mantega, mas de títulos (CRI) lastreados num contrato de aluguel atípico de 19 anos a R$ 32 milhões mensais com a BBMapfre, seguradora do Banco do Brasil.

Quem adquiriu os CRIs? Isso ainda é um mistério. Certo é que a dupla ligada ao ex-ministro foi beneficiada pela subsidiária do banco que estava sob o guarda-chuva do Ministério da Fazenda, então comandado por Guido.

200