EXCLUSIVO: PANAMÁ NÃO VAI ENTREGAR CONTA DE ODEBRECHT

O Antagonista soube que os procuradores panamenhos, que estiveram na PGR ontem, não demonstraram qualquer boa vontade de cooperar com a Lava Jato.

A delegação panamenha desembarcou em Brasília sem aviso prévio, mas foi recebida por representantes da secretaria de cooperação internacional da PGR.

Foram colocados na mesa os pedidos apresentados pelo Brasil ao Panamá para a obtenção de informações bancárias, dentre elas a conta secreta da propina de Marcelo Odebrecht.

“Todas as informações complementares solicitadas pelas autoridades panamenhas já foram prestadas pelo Brasil à Autoridade Central daquele país, desde o início deste ano, e os pedidos já possuem mais de um ano sem entrega dos documentos bancários”, diz a PGR.

O Panamá, como signatário de tratados internacionais que regem a execução de pedidos de assistência penal, “deve propiciar o mais amplo cumprimento possível”. A Lava Jato já enviou duas missões ao Panamá.

Se os panamenhos entregassem a conta de MO, seu acordo de delação iria direto para o lixo.

Faça o primeiro comentário