Exclusivo: PF acha diálogo de Otávio Azevedo com advogado de Cunha

O Antagonista teve acesso a trocas de mensagens de celular entre Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez, e o advogado Marcos Joaquim Gonçalves Alves, que defende Eduardo Cunha há anos.

Num dos diálogos, ocorrido em junho de 2014, Marcos Joaquim parece intermediar encontro entre Cunha e Azevedo:


Marcos Joaquim: Confirmado às 14 hs aqui no escritório. Brasil 21, Bloco C, 19 andar

Otávio Azevedo: Ok

Marcos Joaquim: O EC já está aqui

Em relatório de análise de mídia, a PF diz que “EC se refere ao deputado federal Eduardo Cunha”.

“Partindo de tal premissa, as mensagens sugerem encontro de Otávio Marques e Eduardo Cunha no escritório de Marcos Joaquim no dia 25/6/2014. Posteriormente, há mensagem de Marcos em que avisa Otávio que estão tocando conforme o acordado”, afirma a PF.

Marcos Joaquim é sócio do escritório “Mattos Filho Veiga Filho Marrey Jr e Quiroga Advogados”. O endereço indicado na mensagem coincide com a sede do escritório em Brasília.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200