Exclusivo: Salsicha maquiada

O Antagonista obteve com exclusividade o resultado da análise, solicitada pelo Ministério da Agricultura, de produtos dos frigoríficos investigados pela Operação Carne Fraca.

O teste feito na salsicha de carne de frango do frigorífico Peccin revela a presença de ácido sórbico/sorbato (887 mg/kg), usado como conservante, mas também para maquiar carnes vencidas.

O problema é que a instrução normativa 51/2006 não prevê uso de ácido sórbico/sorbato em embutidos, apenas em produtos curados, como charque e numa proporção muito menor: 0,02 mg/kg.

Faça o primeiro comentário