Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Exclusivo: Saúde bancou viagem de Nise Yamaguchi a Brasília para promover “tratamento precoce”

Exclusivo: Saúde bancou viagem de Nise Yamaguchi a Brasília para promover “tratamento precoce”
Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde bancou uma viagem de Nise Yamaguchi a Brasília para que ela gravasse um “vídeo educativo” do chamado kit-Covid e participasse também do lançamento do evento Dia Nacional da Conscientização para o Cuidado Precoce— que acabou cancelado.

Consulta feita por O Antagonista ao Portal da Transparência mostra que a médica viajou a convite da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, a ‘capitã cloroquina’, que depôs ontem na CPI.

O custo total da viagem, realizada nos dias 30 de setembro e 1º de outubro, foi de R$ 3 mil.

Viagem de Nise Yamaguchi para Brasília
Na justificativa do gasto, está registrado que “a colaboradora virá a Brasília para participar da gravação e vídeos educativos que serão apresentados no evento de lançamento do Dia Nacional da Conscientização do cuidado precoce, além de participar do lançamento do mencionado evento no dia 2 de outubro de 2020”.

Conhecida nacionalmente por defender a prescrição de cloroquina contra Covid, Nise Yamaguchi é apontada como integrante do chamado “Ministério da Saúde paralelo”, responsável por aconselhar a Jair Bolsonaro na gestão da pandemia.

Conforme documentos enviados à CPI da Covid, Nise também participou, em abril do ano passado, de uma reunião na Casa Civil para discutir a eficácia do medicamento.

No ano passado, o governo federal planejou a instituição de um “Dia D” de combate à Covid. O evento foi planejado para acontecer no dia 3 de outubro. A ideia do Ministério da Saúde era passar orientações sobre o “tratamento precoce” e tentar zerar os estoques de cloroquina, ivermectina, azitromicina e zinco.

O então ministro Eduardo Pazuello pediu para que Bolsonaro divulgasse o evento em sua live semanal. Entretanto, após a reação negativa da classe médica, o “Dia D” foi cancelado.

O Antagonista cobrou esclarecimentos da médica e do Ministério da Saúde, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria. O espaço continua aberto.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO