ACESSE

EXCLUSIVO: STF emitiu passagens aéreas para cônjuges de ministros em voos internacionais

Telegram

No relatório obtido com exclusividade por O Antagonista sobre o processo que corre em sigilo no TCU acerta do assunto — e que será analisado nesta tarde em sessão secreta –, a área técnica do tribunal constata que o STF disponibiliza uma cota anual de passagem aérea para ministros da Corte mesmo em viagens não oficiais.

Também destaca que o STF adquiriu bilhetes para voos internacionais para cônjuges dos magistrados, entre os anos de 2009 e 2012, “sem que haja amparo legal para a prática de tais atos e em desacordo com os princípios da supremacia do interesse público, da moralidade e da impessoalidade”.

Diante disso, a área técnica recomendou ao TCU determinar que a Suprema Corte “abstenha-se de conceder passagem aérea, e respectivo pagamento de diárias, na forma identificada neste processo, por meio de cotas, sem que esteja vinculada ao objeto do serviço, com inobservância do princípio da legalidade e da moralidade administrativa”.

Além disso, auditores sugeriram que o STF, em um prazo de 60 dias, adote “as providências necessárias para dar ampla publicidade, no seu portal da internet, aos dados referentes a gastos com diárias e passagens concedidas a seus ministros, servidores e demais colaboradores, com as devidas fundamentações e motivações dos atos de autorização das respectivas despesas”.

O que será que os ministros do TCU, em sessão sem a presença de jornalistas, decidirão?

Leia também:

EXCLUSIVO: TCU analisa hoje, em sessão secreta, processo sigiloso sobre farra de passagens no STF

Processo sobre farra de passagens no STF chegou ao TCU em 2013

LULA LIVRE E MORO SUSPEITO: SERÁ ASSIM NO STF? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Tiago -

    Escárnio total!

  • Paulo -

    ISSO E UMA ORGIA COM O DINHEIRO DE IMPOSTOS, AVIAO DA FAB, PRA PASSEIO DOS LAGOSTAS, PODEM TUDO CUSTA BILHOES, PODERIA USAR PARA, CONSTRUÇAO DE PESIDIOS, E UMA FARRA, NAO TEM CONTROLE INTERNO,PALHAÇAD

  • Sonia -

    Claro que iam colocar o processo em sigilo, que dúvida! Não querem que acabe a mamata.

Ler 159 comentários