Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Executivos da VTCLog pagaram propina de R$ 565 mil a funcionários da Saúde no governo Lula

Segundo denúncia do MP, dois servidores da Cenadi, órgão da pasta, receberam a quantia da Voetur, empresa do mesmo grupo que a VTCLog
Executivos da VTCLog pagaram propina de R$ 565 mil a funcionários da Saúde no governo Lula
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Sócios da VTCLog, empresa hoje investigada pela CPI da Covid por suspeita de pagamentos de propina a políticos e funcionários do Ministério da Saúde através de um contrato para transporte de medicamentos e vacinas, já foram condenados por corrupção semelhante ocorrida entre 2004 e 2009, durante o governo Lula, diz a Crusoé.

“Segundo denúncia do Ministério Público apresentada em 2017, a Voetur – empresa do mesmo grupo que a VTCLog – pagou propinas de 565 mil reais a dois servidores da Central Nacional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos, a Cenadi, órgão do Ministério da Saúde com o qual tinha contrato. Em 2019, os sócios da empresa – Raimundo Nonato Brasil, Carlos Alberto de Sá e Teresa Cristina Reis de Sá – foram condenados por corrupção ativa. […] Um dos envolvidos no esquema foi expulso do serviço público em 2017, de acordo com o Portal da Transparência. Senadores da CPI da Covid receberam cópia dos processos.”

Leia mais aqui. 

Mais notícias
TOPO