ACESSE

Exército na favela

Telegram

As Forças Armadas fazem operação na favela Kelson’s, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Diz o G1:

“A ação é coordenada pela Secretaria de Segurança do Estado do Rio de Janeiro no contexto da Garantia da Lei e da Ordem. A ação estava programada antes do decreto presidencial de intervenção da Forças Armadas na segurança do Rio de Janeiro.

Os militares fazem cerco, desobstrução de vias e ações de estabilização na comunidade da Kelson’s. Algumas vias e acessos nessas áreas podem ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados, oportunamente, com restrições dinâmicas para aeronaves civis. Não há interferência nas operações dos aeroportos.”

 

Comentários

  • Brasil -

    Já vimos esse filme. Essa "intervenção" periga tomar o mesmo rumo de outras ocupações de morros, que nos renderam cenas ao vivo de fugas, em programas de tv, sem as forças de segurança e do exército poderem dar nenhum tiro nos bandidos. Em países sérios, pessoas com fuzis, fugindo, ou revidando ação policial, viram alvos a serem alvejados. Mas com ministros e presidentes progressistas, certamente admiradores de comunistas como Che Guevara e sua frase “há que ser duro, mas sem perder a ternura”… a intervenção é só até a página 2. Aguardemos. Mas uma coisa é certa: os ganhos eleitorais para os caciques do pmdb, psdb, e dem, hoje os governistas (todos desesperados com Bolsonaro nas pesquisas), com essa medida, É ZERO. Nenhum tem histórico de defesa da segurança, seja carioca ou não.

  • Alejo -

    Salvo engano, foi lá que um vagabundo com uma pistola subiu no muro e botou 500 militares para correr. Em exercício, estavam "fazendo muito barulho", "incomodando", segundo o meliante.

  • Faveladoo -

    Rio de janeiro, sò tem uma favela sò. A cidade toda é a favela. Há , favela num pode agora é comunidade. FavelaaaaaaaaaAaaDo

Ler 9 comentários