Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Exército usa dinheiro da vacina para gastos sigilosos e compra de cloroquina

Exército usa dinheiro da vacina para gastos sigilosos e compra de cloroquina
Foto: LQFEx/Exército Brasileiro

O Exército destinou recursos que deveriam ser aplicados em programas de vacinação para gastos sigilosos, manutenção de hospitais das Forças Armadas e na compra de remédios sem eficácia no combate ao novo coronavírus.

Segundo a Folha de S. Paulo, foi firmada em janeiro uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Ministério da Defesa para que as Forças Armadas auxiliassem a vacinação em todo o país. Seriam destinados R$ 95 milhões para esse programa. Dos quais, R$ 16,9 milhões já foram liberados.

Entretanto, parte deste dinheiro foi destinado a gastos sigilosos do Centro de Inteligência do Exército (R$ 150 mil) e para a aquisição de medicamentos como a cloroquina e a azitromicina (R$ 5,2 mil).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO