ACESSE

Exército vai restringir uso das redes sociais

Telegram

O Exército publicará nos próximos dias uma portaria para restringir o uso das redes sociais pelos militares, informa o Valor.

A medida, diz a reportagem, aprovada em reunião do Alto Comando, “visa preservar a imagem da instituição, orientando os oficiais e soldados a não vincularem ações da força terrestre às suas contas pessoais”.

O atual comandante do Exército, Edson Leal Pujol, não tem conta pessoal nas mídias sociais.

Ataque a Moro e à Lava Jato é fruto de ação hacker ampla e estruturada. Saiba mais

Comentários

  • Pedro -

    Isso não é privilégio do Exército.Grandes empresas e corporações agem da mesma forma já faz tempo.

  • Expedito -

    Correto! O Exército tem funções de Segurança Nacional.

  • Paulo -

    MUITO BOM, ESTAMOS LIDANDO COM ESPIONAGEM, ACORDA, ISSO SE JA NAO FOI TUDO HACKEADO, CHAMAR O CUEQUINHA DO JORNALECO, ENTRAR NESSA, QUESTAO, SOBERANIA NACIONAL, OU EXERCITO NAO TEM RESPONSABILIDADES.

Ler 24 comentários