“Exigir que o policial espere o traficante atirar contra ele com fuzil é demais”

Sergio Moro esclareceu sua declaração anterior sobre confronto policial.

Ele disse que o confronto não deve ser um objetivo a ser perseguido, mas acha que é preciso revisar a legislação.

“É necessário que o policial espere que o traficante armado atire contra ele de fuzil? Me parece que exigir isso do agente policial é demais. O risco é muito grave. Mas não significa que o confronto é um objetivo a ser perseguido.”

 

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. Mind disse:

    Dr. Sérgio Moro, o Brasil precisa de uma legislação dura com esses marginais. Dê o apoio necessário para q os policiais façam o trabalho deles.

  2. Mariza disse:

    Excesso de permissividade começa nas famílias, vai como imposição às escolas e termina na sociedade aterrorizada por criminosos armados até os dentes, policiais exterminados ou punidos. Reaçã

  3. Gerson disse:

    Fuzil é arma de guerra, de uso exclusivo das forças armadas. Se um meliante está portando um, é só para enfeite? Sniper nele!

  4. Maria disse:

    Como é q alguém pode pensar,em sã consciência,q alguém passeia na rua de fuzil sem nenhuma intenção obscura,sem q seja policial?Me poupe!Indefensável esta mentalidade.

  5. Rubem disse:

    Pois é simples assim.... questão de lógica e de respeito à vida dos humanos direitos..... alguém que porte um fuzil, sem ser um militar em situação de guerra, é alguém disposto a matar....

  6. Fhritz disse:

    Existem hoje "jornalistas" cuja função é jogarem iscas para que autoridades deem um tiro no pé. É um jornalismo bagaceiro, de provocação e que não previlegia a informação e a seriedade.

  7. Eduardo disse:

    Até aí, tudo bem. Mas aquela loucura do Witzel, não.

  8. Cino disse:

    Ja notaram quantas afirmações e promessas ditas pelo Mito e membros de sua equipe ja foram DESMENTIDAS nos ultimos 5 meses? parece que falta sintonia e profissionalismo.

    1. É mesmo? E eu pensando que ele tinha sido eleito há menos de um mês... a propósito, jovem, faça a lista de desmentidos, senão você parece mentiroso.

    2. Nada desmentido. Apenas suavizado o discurso para não causar celeuma nos mais sensíveis. Também sei diferenciar exageros de campanha da realidade possível. Se vc não sabe, nem deveria votar.

  9. Rosa disse:

    Adoro snioers com drone, certeiro na cabecinha!!! Melhor na cabecinha dos bandidos traficantes com AR-15 do que na minha que estou deitada aqui na minha cama olhando para eles de pe na laje da favela!

    1. Adoro snipers Moro com drones de Israel na cabecinha se o bandido portar fuzil AR-15 de uso exclusivo das Forças Armadas!!!

  10. Djalma disse:

    Não tem que ficar dando explicações para imprensa mal intencionada. Para essa gente não importa a verdade.

  11. Maria disse:

    A partir do momento que bandido temer a morte, ele jogará a arma e se renderá. O que acontece hoje é que a bandidagem sabe que o policial está descoberto, por isso deita e rola.

    1. Isso mesmo! Tem que ser igual ao procedimento americano nestes casos: primeiro derruba e amarra, depois pergunta. Quando adotar esta pratica, muitos irão pensar no que fazer antes e não depois.

  12. Maria disse:

    Perfeito!! A sua ponderação e objetividade farão muito bem, contendo paixões extremistas para ambos os lados. O Brasil precisa disso (inclusive eu, que me sentia muito afrontada como cidadã)!!

  13. Cino disse:

    Esperar?? onde está escrito isso?? ou é apenas mais uma "metáfora" criativa e de linguajar.

    1. Negativo. É a clara interpretação da lei. Tendo em vista que o agente só pode atirar em ocasião de revide. Ou seja, "esperar o bandido atirar para só após efetuar o disparo"

  14. Getulio disse:

    O conceito de legíma defesa diz:''agressao injusta, atual ou IMINENTE'',orta tá com fuzil?AGRESSAO IMINENTE:FOGO NELE SEM QQ ALERTA

    1. Pois é, nem precisaria mexer na legislação, pois a atual é muito objetiva e clara.

  15. Eduardo disse:

    Perfeito! Como sempre, Moro, dá uma aula de noção aos "jornalistas" de plantão.

  16. HPSouza disse:

    Moro tá certíssimo, primeiro evitar o confronto por meio de inteligência. Não sendo possível, abate o bandido sem remorso.

  17. R disse:

    Pelas declarações, enfim, acabou-se a era do mimimi e do politicamente correto, graças a Deus!!! Sejamos práticos, objetivos e eficientes, sem deixar de sermos também honestos e corretos.

  18. Ryu disse:

    Se o policial matar o vagabundo antes de o vagabundo matar o policial, não haverá confronto, mais simples do que isso impossível!

  19. Amilcar disse:

    Já vi isso em filmes de mocinho no velho oeste, o mocinho deixa os 4 bandidos sacarem da arma primeiro, depois ele saca da sua e dispara rápido e mata os 4, é só treinar nossa polícia.

    1. Essa foi ... ÓTIMA....!!! (rs rs rs rs rs rs ) Sem deixar cair o chapéu ...?

  20. Icnox disse:

    Policial deu voz de prisão, se o bandido não soltar a arma, ele tem que ser baleado, e fim de papo.

  21. CLAUDIO disse:

    Como ninguém tinha visto, até agora, que temos uma legislação de ficção, até por que, fica difícil um policial que foi alvejado reagir! Hããã!

  22. Dirce disse:

    Alguns repórteres têm que se preparar melhor para fazer perguntas. Ainda bem que Moro é educado e complacente, senão....

  23. luciano disse:

    Calma o nosso Juiz na prática irá aprender que em se tratando de lidar com marginais armados meios "ortodoxos" carecem de reavaliação...

  24. José disse:

    Pelo jeito tem diferenças de opinião entre o Bolsonaro e o Moro que possivelmente nunca subiu num morro desses que é dominado pelos traficantes. Ali não existe a figura do "confronto não violent

  25. Vagner disse:

    Quem vai dar o tom da busca pelo confronto é o vagabundo...simples assim...Arma na mão corpo no chão..

  26. José disse:

    Estiver portando de forma visível, arma de grosso calibre, TEM que ser ABATIDO !! Perfeito !!

  27. Donizetti disse:

    Uso de sniper urgente. Sujeito que estiver com a arma na mão, principalmente de grosso calibre, tem que levar bala na testa.

  28. PT-A-Núvem-de-Gafan disse:

    Se for atirado até uma pedra já se merece ma resposta, bandido tem que aprender a respeitar os representantes da lei, ainda que na atualidade tenham que morrer alguns.

  29. Paulo disse:

    E factível afirmar que um marginal armado com um fuzil automático, ao ser surpreendido por um policial com uma arma às vezes até inferior à dele, ele vá baixar a guarda sem um confronto?

  30. Mr. disse:

    Fuzil é uma arma de guerra , é inadmissível que seja encarado com normalidade criminosos portarem esse armamento nas ruas sem retaliação imediata Achar isso normal é concordar com a escravidão