ACESSE

Explicou porque criminalizaram

Telegram

Sergio Moro se sentiu obrigado a explicar que não foi político-partidária a escolha do general da reserva Guilherme Theophilo, candidato do PSDB ao governo do Ceará, para ser o Secretário Nacional de Segurança Pública.

Deve ser porque os partidos criminalizaram a política.

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Entenda AQUI

Comentários

  • Presidente-XVII -

    O general saoundo partido. Se desfiliou do psdb, ainda bem. Moro fez questão de deixar isso claro.

  • Luiz -

    Conheço pessoalmente o humanista Theóphilo a quem muito admiro pelo seu patriotismo, integridade e competência. Uma vez mais o Moro fez uma excelente escolha!! O Brasil agradece!!

  • Esther -

    Aarzak, quem falou mal do Bolsonaro foi o Álvaro Dias, disse até que ele estava morto. Tem vídeo. Ele estava bem em frente ao Museu incendiado do RJ.

Ler 11 comentários