Explicou porque criminalizaram

Sergio Moro se sentiu obrigado a explicar que não foi político-partidária a escolha do general da reserva Guilherme Theophilo, candidato do PSDB ao governo do Ceará, para ser o Secretário Nacional de Segurança Pública.

Deve ser porque os partidos criminalizaram a política.

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Entenda AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 12 comentários
    1. Aarzak, quem falou mal do Bolsonaro foi o Álvaro Dias, disse até que ele estava morto. Tem vídeo. Ele estava bem em frente ao Museu incendiado do RJ.

  1. Depende de quem for eleito em 2022…Bolsonaro fazendo um Gov 5% melhor que esse..vai ser aclamado pelo povo…ai vão ser oito anos e uma limpeza na STF o trabalho estará feito para 50 anos a frente

  2. Por isso os ministrecos estão todos se cagando, Gilmar toda hora no banheiro, lewandowski mandando prender cidadão em avião, coisa de rato acuado, um general no cangote do Tofoli, o povo no limite

  3. O próprio ambiente politico cuidará para eliminar os avanços que ocorrerão no governo bolsonaro, as diversas tentativas que vimos é prova, exemplo Estado não obedecem a responsabilidade fiscal

  4. QUEBRA DE Paradigma, cultura empresarial e politica nacional, no Brasil foi construida desta maneira, vai haver resistencia, e se as leis não forem mudadas a nivel constitucional apos 4 anos desfeita