Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Extradição de Allan dos Santos deflagra onda de perseguição no governo

Em menos de um mês, 2 delegadas da PF envolvidas diretamente no caso do blogueiro foram exoneradas de suas funções na corporação e no Ministério da Justiça
Extradição de Allan dos Santos deflagra onda de perseguição no governo
Foto: Adriano Machado/CRUSOE

O processo de extradição e prisão do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos (foto), determinado há quase dois meses pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, desencadeou uma onda de perseguição dentro do governo Jair Bolsonaro, diz a Crusoé.

“Em menos de um mês, duas delegadas da Polícia Federal envolvidas diretamente no caso do blogueiro, que continua em liberdade nos Estados Unidos, onde mora em situação ilegal, foram exoneradas de suas funções na própria PF e no Ministério da Justiça.”

“O caso mais recente envolve a delegada Dominique de Castro Oliveira, que trabalhava junto à Interpol em Brasília e preparou o procedimento de inclusão do nome de Allan dos Santos na Difusão Vermelha, responsável por emitir a ordem de prisão para cerca de 190 países. Dominique foi avisada nesta quarta-feira, 1, por seu superior que deveria deixar o cargo na Interpol, onde atuava havia 16 meses, para se apresentar à Superintendência da PF no Distrito Federal.”

Leia mais aqui. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....