ACESSE

Relator do pacote anticrime: "Vi um Moro aliviado"

Telegram

A entrevista de Sergio Moro ao Fantástico repercute em Brasília.

Na conversa exibida ontem à noite, o ex-ministro disse, por exemplo, que o governo “se valeu de sua imagem de combate à corrupção” e que “o presidente da República tem uma posição negacionista sobre a pandemia”.

No Twitter, ao replicar trecho da entrevista, ele escreveu: “Sobre verdades inconvenientes: interferência em órgãos de controle, falta de apoio à agenda de aprovação de medidas anticorrupção e alianças políticas duvidosas”.

O deputado Fábio Trad (PSD), relator do pacote anticrime e crítico de Moro, disse a O Antagonista que, ontem, o achou “sincero, despojado e humilde” e “convincente”.

“Com a ressalva da crítica ao pacote anticrime, vi um Moro aliviado pelo fato de não mais pertencer a um governo no qual deixou de acreditar.”

Trad acrescentou que o mesmo “alívio” pode ser percebido em Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, ex-ministros da Saúde.

Leia também: Crusoé: jornalismo de verdade não é para agradar aos poderosos

Comentários

  • Dalila -

    Sérgio Moro mostrou ao Bolsonaro que sabe trabalhar coisa que ele não faz, só late na cerca do Planalto

  • Guilherme -

    Fabia Tirada responsável por desfigurar o Pacote Anti Crime. Trabalhou para salvar os ladrões do Centrão.

  • Ann -

    Sim! O alívio da consciência tranquila e de quem fez a coisa certa. O q presenciamos hj p mídia, em ambas as partes, é exemplo da serenidade do justo e dos tormentos do incoerente.

Ler 40 comentários