Fábrica de biscoitos foi usada para repassar propina

A PF cumpriu mandado de busca e apreensão na empresa M Dias Branco, fábrica de biscoitos do Ceará.

Em sua delação, o doleiro Alberto Youssef confirmou repasses de R$ 1,2 milhão ao ex-deputado Luiz Argôlo, por meio das empresas Grande Moinho Cearense e M Dias Branco.

A PF apura se a M Dias Branco também foi usada para repassar propina ao senador Eunício Oliveira.

 

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 22 comentários
  1. O Antagonista postou a notícia
    e os antagonautas devem ter ido lá checar….
    a página está fora do ar…
    PELO MENOS VAMOS VER SE
    NINGUÉM COMPRA NADA DA
    MARCA : ADRIA
    BOICOTE AOS LADRÕES PETRALHA!
    AGORA, HOJE E SEMPRE!!!

  2. Eunício Oliveira está prestes a ficar 450 milhões de reais mais rico. O presidente do Senado negocia a venda de sua empresa de transporte de valores para um grupo estrangeiro.