Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Fabricante de ivermectina começou a vender para governo em gestão Bolsonaro

Em 2019, Vitamedic fechou contratos no valor de R$ 564 mil com o Ministério da Saúde para fornecer ibuprofeno e ivermectina
Fabricante de ivermectina começou a vender para governo em gestão Bolsonaro
Foto: Pedro França/Agência Senado

A Vitamedic, que produz medicamentos que compõem o suposto “tratamento precoce” contra a Covid, começou a receber recursos do governo federal na gestão de Jair Bolsonaro, diz o Metrópoles. O diretor da empresa, Jailton Barbosa, presta depoimento neste momento à CPI da Covid.

Os contratos foram assinados por Roberto Dias, ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde acusado de pedir propina por vacinas.

Em 2019, antes do surgimento da Covid-19, a Vitamedic obteve R$ 564 mil do governo federal, por meio de dois contratos com o Ministério da Saúde. A pasta adquiriu ibuprofeno e ivermectina.

Em 2020, a substância foi apontada como uma possível cura para a doença e a empresa multiplicou seus lucros. No depoimento à CPI, Jailton admitiu que a Vitamedic patrocinou uma associação de médicos que defendia o uso da substância.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO