Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Facebook entregou dados de 79 contas para investigação do caso Marielle

O Facebook entregou dados de 79 contas para as investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol) e seu motorista, Anderson Gomes.

Foram repassadas identificações cadastrais, de registros de criação e de acesso. A empresa ainda indicou terminais telefônicos que não estão associados a uma conta válida.

O repasse das informações cumpre determinação da Justiça do Rio, que pediu dados de 82 terminais telefônicos, devendo ser discriminados, por exemplo, nome, e-mail, data de nascimento, números de telefones celulares associados à conta, entre outros. A ideia é apurar o suposto envolvimento de integrantes da milícia “Escritório do Crime” no assassinato.

A Justiça ainda quer um levantamento sobre todas as buscas realizadas pelo usuário nas plataformas Facebook e Instagram a partir do dia 1º de janeiro de 2018. O pedido para quebrar os sigilos partiu da Divisão de Homicídios da Polícia Civil.

A empresa recorreu ao STJ contra a decisão da Justiça do Rio.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO