Facebook: "O projeto de lei aprovado pelo Senado compromete a operação de aplicações de internet"

O Facebook divulgou a seguinte nota sobre a aprovação, na noite de ontem, do polêmico projeto das fake news:

“O projeto de lei aprovado pelo Senado compromete a operação de aplicações de internet no país, no momento em que população brasileira conta com elas para se manter conectada diante da pandemia e milhões de pequenos negócios usam essas plataformas para enfrentar a crise econômica resultante da Covid-19.”

A empresa acrescentou:

“O combate à desinformação é prioridade para o Facebook, e acreditamos que qualquer regulação de conteúdo online deve ser resultado de um amplo debate envolvendo toda a sociedade, para que não traga efeitos indesejados sobre a privacidade e a liberdade de expressão.”

Leia também que “o Senado quer impor uma lei da mordaça”.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim
Mais notícias
TOPO