Fachin abre nova investigação sobre Edison Lobão e Jader Barbalho

O relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin, abriu nova investigação sobre os senadores Edison Lobão (MDB-MA) e Jader Barbalho (MDB-PA).

É o sétimo inquérito contra os emedebistas e busca elucidar desvios na usina de Belo Monte.

A PF encontrou indícios de corrupção e lavagem de dinheiro dos senadores em obras da hidrelétrica. As propinas teriam sido recebidas por meio de terceiros.

“O emprego de pessoas interpostas por altas autoridades é expediente habitual (…), não sendo exigível, para a imputação de responsabilidade penal (…) ser flagrado aventurando-se pessoalmente em tratativas escusas”, diz o documento, citado pelo G1.

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Entenda AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 20 comentários
  1. As instituições do governo no Brasil tem na sua ideia de que o povo que estão fora são seus escravos para manterem suas vidas boas e de sangue sugas e vagabundos, esse é o verdadeiro eles contra

    1. Todo o Brasil sabe disso. Eu se fosse ministro teria vergonha de abrir processo sabendo que não vai dar em PORRA nenhuma.

  2. Lembram do caso da pensão? O STF deixou prescrever. Outros inquéritos foram arquivados e outros estão parados. O STF protege senadores e senadores não abrem impeachment contra os ministros.

    1. Só Lewandowski sentou sobre um processo de Renan Calheiros por anos. No final, não deu em nada. Esse Calheiros é poderosíssimo.