Fachin abre nova investigação sobre Edison Lobão e Jader Barbalho

O relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin, abriu nova investigação sobre os senadores Edison Lobão (MDB-MA) e Jader Barbalho (MDB-PA).

É o sétimo inquérito contra os emedebistas e busca elucidar desvios na usina de Belo Monte.

A PF encontrou indícios de corrupção e lavagem de dinheiro dos senadores em obras da hidrelétrica. As propinas teriam sido recebidas por meio de terceiros.

“O emprego de pessoas interpostas por altas autoridades é expediente habitual (…), não sendo exigível, para a imputação de responsabilidade penal (…) ser flagrado aventurando-se pessoalmente em tratativas escusas”, diz o documento, citado pelo G1.

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Entenda AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 24 comentários
  1. Fachin não engana mais ninguém, vai se foder pedaço de merda! Os soretes togados do STF precisam ser enxovalhados em praça pública. Enriquecem às custas do povo enquanto destroem a nação.

  2. As instituições do governo no Brasil tem na sua ideia de que o povo que estão fora são seus escravos para manterem suas vidas boas e de sangue sugas e vagabundos, esse é o verdadeiro eles contra

    1. Todo o Brasil sabe disso. Eu se fosse ministro teria vergonha de abrir processo sabendo que não vai dar em PORRA nenhuma.

  3. Lembram do caso da pensão? O STF deixou prescrever. Outros inquéritos foram arquivados e outros estão parados. O STF protege senadores e senadores não abrem impeachment contra os ministros.

    1. Só Lewandowski sentou sobre um processo de Renan Calheiros por anos. No final, não deu em nada. Esse Calheiros é poderosíssimo.