Fachin admite revisão de delação

Edson Fachin, na retomada do julgamento da delação da JBS, passa a admitir que fatos ilegais — novos ou de conhecimento superveniente — podem, sim, motivar a revisão e até mesmo a anulação de acordos de colaboração premiada pelo colegiado do STF.

Cármen Lúcia vai ouvir os votos de todos os ministros novamente.

Faça o primeiro comentário