ACESSE

Fachin autoriza investigações preliminares a partir da delação de Léo Pinheiro

Telegram

Edson Fachin autorizou a abertura de investigações preliminares a partir da delação premiada de Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, diz O Globo.

Parte dos casos será analisada inicialmente pelo STF — por envolver políticos com foro privilegiado –, e o restante será encaminhado às instâncias inferiores.

Segundo o jornal, foram abertas 20 investigações preliminares no STF.

A PGR analisará, caso a caso, se há indícios suficientes para a abertura de inquérito.

A delação de Léo Pinheiro foi homologada em setembro.

EXCLUSIVO: A DELAÇÃO COMPLETA DE PALOCCI. Saiba mais

Comentários

  • Sonia -

    O amigodoamigodomeupai está acusado nessa delação e na do marcelo oDebrecht

  • Luis -

    Tic...Tac...TIC...TAC.... soando cada vez mais forte !!!! Lugar de BANDIDOS É NA CADEIA !!!!! IMPEACHMENT JÁ !!! Fora...#@$VAGABUNDO$!!!

  • José -

    Banqueiros também?

Ler 27 comentários