Fachin autoriza que Joesley e Wesley abram conta para depositar multa

Edson Fachin autorizou que Joesley e Wesley Batista abram uma conta judicial para depositar a multa do acordo de colaboração que foi rescindido pela PGR, informa o site Jota.

Os irmãos donos da JBS haviam acertado com a PGR pagamento de multa no valor de R$ 110 milhões cada um, em dez prestações anuais.

O Ministério Público, porém, pediu a rescisão do acordo depois que áudios colocaram em suspeita as negociações.

O ministro do STF afirmou que o pagamento é “por conta e risco” dos irmãos Batista e condicionou o depósito à decisão sobre o acordo –cujo rompimento ainda precisa ser homologado pelo Supremo.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 9 comentários
  1. Multa molezinha, parcelada em um milhão de vezes, praticamente sem juros, menos de 0,5% do faturamento anual da empresa!
    Vergonha! Canalhas! Bando de corruptos! Bando de vagabundos!

  2. Bebê de 1 ano e 6 meses morre em posto de saúde da prefeitura de Lauro de Freitas(Bahia) e mãe acusa negligência médica. A Prefeita Moema Gramacho(do PT) tenta comprar o silencio da mãe.
    O PT é a causa da miséria deste país. Acessem a noticia completa em https://bit.ly/2xrUyQo

  3. Se é para receber, pode facilitar, agora é uma grande molecagem financiar esses canalhas em 10 anos.
    Esses irmãos Batista e seus asseclas são uma quadrilha de alta periculosidade para o BRASIL, deviam estar em cana, só não estão pela covardia do STF, como disse o Lula, pois eles envolvem muita gente importante.