Fachin dá 15 dias para PGR decidir se denuncia Temer

Edson Fachin deu prazo de 15 dias para a PGR decidir se denuncia ou não Michel Temer no inquérito aberto a partir das delações da Odebrecht, registra o G1.

O ministro do STF encaminhou a Raquel Dodge o relatório final da PF, segundo o qual há indícios de que o então vice de Dilma Rousseff recebeu vantagem indevida da empreiteira. A polícia aponta os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Como o caso aconteceu antes que o emedebista assumisse a Presidência, a PGR pode arquivá-lo ou pode denunciar e deixar o caso parado para continuidade na primeira instância, quando Temer sair do Planalto.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 11 comentários
  1. Denúncia baseda numa acusação relativa a um jantar ocorrido em maio, segundo o tal delator, mas cujos “indícios”, segundo os gênios da PF, são de março? Só O Antagonista para acreditar nisso

    1. Alberto: Eu li o relatório da PF. Você leu? Se sim, entendeu? Se não, qual é o problema em tentar ler? É indolor. Garanto que não vai lhe causar nenhum problema. Portanto, tente….