Fachin libera dados sobre Alckmin ao MP

Edson Fachin compartilhou com o Ministério Público de São Paulo informações de investigação sobre Michel Temer relativas a possíveis pagamentos a pessoas ligadas ao Geraldo Alckmin.

São mensagens de Skype de Edgard Augusto Venâncio, gerente da Transnacional Transporte de Valores, a Marcos Antônio Monteiro, pessoa de confiança do tucano.

Venâncio disse ao MP ter feito retiradas de valores em vários locais na cidade de São Paulo, mas apagou as mensagens após entregar um notebook e um HD com os dados.

As informações vão subsidiar a ação de improbidade em que Alckmin é acusado de receber R$ 7,8 milhões da Odebrecht na campanha de reeleição, em 2014. O inquérito no STF com as mensagens envolve repasses de R$ 10 milhões da construtora para o MDB naquele mesmo ano.

 

#indultonão — No Brasil, você não pode descansar um minuto... LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Ivanor disse:

    O Brasil espera que 57.8 milhões de eleitores se mantenham firmes contra todo e qualquer tipo de corrupção de quem quer que seja, já que 44.8 milhões vão continuar aceitando e defendendo os corr

Ler comentários
  1. Caco disse:

    Só assim pro Picolé de Chuchu ser lembrado. Através das páginas policiais.

  2. EugeniaPositivaBrasi disse:

    Alcrimin, o Santo da Planilha de Propina da Odebrecht!? Que dizem, estar envolvido em desvios na merenda escolar?! Que fará oposição às mudanças propostas por Bolsonaro!?

  3. Maria disse:

    É o terceiro ou quarto Edgard que aparece. Não sabia que era nome tão comum atrelado a Temer. Curioso... 🤔

  4. Francisco disse:

    Se Deus ajudar não vai sobrar nenhum.

  5. Luiz disse:

    O Monotrilho tem um rabão preso. Tramoia para todo lado.