Fachin nega medidas cautelares para Lúcio Vieira e a mãe

Edson Fachin negou o pedido da PGR para aplicar medidas cautelares contra Lúcio Vieira Lima e a mãe, Marluce Vieira Lima, no inquérito que investiga a origem de R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento em Salvador.

O Ministério Público queria recolhimento domiciliar noturno para Lúcio Vieira Lima, com uso de tornozeleira, e a prisão domiciliar de Marluce.

“Não constato, no atual panorama processual, a necessidade de decretação das medidas cautelares”, decidiu o ministro do STF.

Comentários

  • Tales -

    O Conde deve estar por trás desta lambança. Se apertassem o gordo ou a velhota sem vergonha, era capaz de sair alguma coisa. Fachin foi "prudente"!

  • Jânio -

    Roubaram pouco, 51 milhões, né Fachinha? As medidas cautelares, pelo jeito só são aplicadas para roubos superiores a 100 milhões!

  • Renato -

    Parece que as esperanças dos brasileiros de que finalmente a justiça começava a cumprir seu papel, observa-se que após o impacto causado pelos exemplos do falecido ministro Teori a turma dos defensores de criminosos está aumentando no STF. Será que até o Fachin passou para o lado do GM.

Ler 26 comentários