Fachin nega pedido de Lula para suspender julgamento do caso tríplex no STJ

Fachin nega pedido de Lula para suspender julgamento do caso tríplex no STJ
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro Luiz Edson Fachin, do STF, negou pedido de Lula para suspender o julgamento de um recurso no caso do tríplex no Guarujá (SP) pela Quinta Turma do STJ. Fachin que não há “ilegalidade evidente” na discussão do caso hoje – aniversário de 75 anos do ex-presidente.

A Quinta Turma deve julgar hoje embargos dos embargos contra a decisão do STJ que manteve a condenação. A defesa do ex-presidente aponta omissões e nulidades no acórdão, como a suspeição de Sergio Moro, autor da sentença que condenou Lula por corrupção e lavagem de dinheiro.

No habeas corpus negado por Fachin, a defesa de Lula pedia que o julgamento dos embargos fosse adiado até que sejam julgados o habeas corpus em que o STF discute a suspeição de Moro ou um caso em que o ex-presidente pede acesso aos documentos da cooperação da Lava Jato com autoridades internacionais.

A Quinta Turma se reúne hoje a partir das 14h. A sessão será por videoconferência.

Leia mais: Diogo Mainardi: é cedo para falar de 2022?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 25 comentários
TOPO