ACESSE

Fachin proíbe PM de subir o morro no Rio

Telegram

Edson Fachin atendeu a pedido do PSB e proibiu operações policiais nas favelas do Rio durante a pandemia, “sob pena de responsabilização civil e criminal”.

No pedido, o partido afirmou que o número de mortes cometidas pela Polícia Militar do Rio subiu 57,9% este ano, em comparação com o ano passado.

Na decisão, Fachin definiu que as operações só podem acontecer em situações “absolutamente excepcionais” com justificativas por escrito.

O ministro também determinou que essas operações devem ser tocadas com cuidados especiais para não prejudicar os serviços de saúde e ações humanitárias.

“Se os protocolos de emprego da força já eram precários, em uma situação de pandemia, com
as pessoas passando a maior parte do tempo em suas casas, eles se tornam, acaso existentes, de utilidade questionável”, escreveu na decisão.

Ele citou a condenação do Brasil pela Corte Interamericana de Direitos Humanos, no caso Favela Nova Brasília, por chacinas em 1994 e 1995 no Complexo do Alemão que mataram 13 jovens.

Leia também: Lições da gripe espanhola de 1918 para hoje a pandemia de hoje

Comentários

  • Hermano -

    Marrapaz, não é que os togados estão ficando desinibidos mesmos depois dessa pandemia!

  • Nando -

    Comando vermelho e milicos agradecem a facchin

  • Silvio -

    Quando se pensa que ja se viu tudo dos ministros esquerdiatas do STF, vem essa concessao para os traficantes nao serem incomodados. Eita Brasil da Ditadura do STF

Ler 66 comentários