Fachin reformula decisão de Lewandowski

Edson Fachin, noticia o Radar, mandou prender de novo o prefeito de Marizópolis (PB), José Vieira da Silva.

No recesso, Ricardo Lewandowski decidiu soltar o político, condenado em segunda instância por fraude em licitação.

Fachin alegou o óbvio: a jusrisprudência do Supremo deve ser respeitada – em fevereiro, por 7 a 4, o plenário do STF determinou que o início da pena após a condenação em segunda instância não ofende o princípio constitucional da presunção da inocência.

O presidente da corte deveria saber disso.