Falcão não é exceção

Folha:

“Nos dois anos em que presidiu o STJ, Francisco Falcão esteve ausente da corte em viagens oficiais que totalizam quatro meses e meio fora do gabinete.”

Ele recebeu 175 mil reais em diárias.

Francisco Falcão não é exceção.

Faça o primeiro comentário