A falência da República

Telegram

Álvaro Dias elogiou a mensagem do comandante do Exército.

Ele disse:

“O general Villas Bôas coloca o exército brasileiro em sintonia com o desejo do nosso povo de ver nascer uma nova justiça onde todos serão iguais perante a lei”.

QUAL É O PAPEL DOS MILITARES NO NOVO GOVERNO? SAIBA MAIS AQUI

E também:

“Advertência do General Villas Bôas é oportuna. Se ocorrer o divórcio dessa instituição essencial ao estado de direito – o STF – e as aspirações visíveis da sociedade brasileira contra a impunidade, será a falência da República”.

 

Comentários

  • Marçal -

    Alguns ministros falam, falam, e enterram a república. Pobre Brasil. Lugar de condenado é na cadeia em segunda instancia. Ou vamos prender defuntos.

  • Marta -

    Perfeito pronunciamento!!!

  • Veki -

    São 128 anos de falência, meu caro. A República nunca educou o povo, não provê os direitos que diz que os cidadãos têm; altas taxas de analfabetismo, falta de saneamento, corrupção desde o primeiro dia da "proclamação"; encilhamento, café com leite, Estado Novo, JK criando a Versalhes do Cerrado (Brasília) para alhear o povo do centro de poder; um presidente inútil após o outro -- com uma jumenta 'presidanta' de (b)ônus--, parlamentos que legislam para si e judiciário que não pune quem tem dinheiro para protelar ad aeternum. Ré Pública, Ré Pública, marcha a ré do atraso é a ré pública...

Ler 64 comentários