ACESSE

Falta de ministro da Saúde titular 'não faz a máquina parar', diz secretário

Telegram

O secretário-executivo substituto do Ministério da Saúde, Élcio Franco, afirmou nesta terça-feira (2) que a falta de um ministro titular não causa um “comprometimento da estrutura”.

Eduardo Pazuello ocupa o comando da Saúde interinamente desde a demissão de Nelson Teich, em 15 de maio. A pasta também não conta com um secretário de Vigilância em Saúde desde a semana passada, quando Wanderson de Oliveira deixou o cargo.

Jair Bolsonaro afirmou mais de uma vez que Pazuello deve permanecer no cargo “por muito tempo”.

“Cabe ressaltar que todas as funções do ministério têm nomeados eventuais substitutos. Isso não faz a máquina parar. Penso que não há um comprometimento da estrutura.”

E acrescentou:

“Os secretários estão em fase de entrevista para definição e futura nomeação. Tão logo se preencham os requisitos, eles serão nomeados. Com relação ao ministro, é a mesma coisa. Eduardo Pazuello é o eventual substituto do ministro, e o ministério continua funcionando com suas estruturas com o maior emprenho de seus técnicos.”

Foto: Alan Santos/PR

Leia também: Combate à pandemia: o Brasil procura um responsável

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 14 comentários