Família do Norte teria 200 mil membros

A Família do Norte é investigada pela Polícia Federal desde 2014. A facção contaria com 200 mil membros e cúmplices, egundo relatório da Operação Muralla com base em interceptações telefônicas dos líderes da facção, citado pelo El País.

Inicialmente, detinha o monopólio da distribuição de drogas no Amazonas, mas, nos últimos anos, ampliou suas operações para outros Estados do Norte.

Sua rota mais importante é a que liga Tabatinga (AM), na fronteira entre Brasil, Peru e Colômbia, a Manaus, via rio Solimões.

A exportação de cocaína para a Europa, entrando via Portugal, é o seu maior negócio com o mercado externo.

Faça o primeiro comentário