Fantasmas em três Estados

O TSE informou que a operação de hoje, que mira as gráficas fantasmas da campanha de 2014, conta com 50 agentes da PF e realiza diligências em 20 endereços, em três Estados: Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina.

O ministro Herman Benjamin decretou ainda a quebra do sigilo fiscal de cerca de 15 pessoas físicas e jurídicas, mas seus nomes não foram divulgados, “por questão de sigilo”.