Faroeste caboclo

Eduardo Cunha disse em almoço hoje, segundo o Estadão, que não hesitará em dar início ao processo de impeachment contra Dilma Rousseff se Rodrigo Janot recomendar seu afastamento do cargo.

Faça o primeiro comentário