A farra da cocaína em presídio de Goiás e a diretora “injustiçada”

A diretora da Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto, Edleidy Pereira dos Santos Rodrigues, disse que se sente “injustiçada” por ter sido afastada da função após o vazamento de um vídeo – reproduzido abaixo – que mostra detentos cheirando cocaína e bebendo em uma “festa” dentro da unidade prisional em Goiânia, informa o G1.

O local é o mesmo onde ocorreram duas das três rebeliões na última semana, deixando nove mortos.

“Culpa é uma palavra que não faz parte do meu vocabulário”, disse Edleidy. “A palavra mais acertada, que melhor se encaixaria hoje na situação que vivencio é injustiça. Estou me sentindo injustiçada. Tenho plena convicção que, ao término da investigação, vão se apurar os fatos e vai se chegar ao resultado final onde, de fato, será extraído o que realmente aconteceu, como aconteceu e quais as circunstâncias de como aconteceu.”

Assista ao vídeo.

Leia também (sem confundir os dois casos):

A farra da cocaína no maior presídio de Porto Alegre

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 22 comentários
  1. Essa a. petista/comunista é apenas mais um daqueles trastes de esquerda, adoradores de escória, que tanto habitam cada buraco da administração pública, o que esperar desse troço em termos de declarações?

  2. O que está a faltar no Brasil e aos brasileiros é um pouco mais de conhecimento. Sugiro presentar essa senhora com um dicionário; lá ela poderá pesquisar e compreender – quem sabe? – o significado de justiça, decoro, probidade, seriedade, honestidade, inclusive culpa.

  3. É assustadora a decadência moral instalada nas diferentes instâncias de nosso país, desde o indivíduo, a família até o governo.
    É urgente refletir nas mudanças que precisamos fazer no nosso mais profundo eu.
    Insisto em dizer: não haveria tráfico se não houvesse consumidor, drogado, viciado, seja qual for o nome que se possa dar para o usuário de drogas.
    A fuga psicológica na droga, não resolve problemas, nem muda a vida para melhor. São momentos ilusórios que apenas trazem destruição e sofrimento.
    A horda de zumbis do crack em nossas cidades é devastadora! Quem está lucrando com toda essa desgraça? É orquestrada a ação que está permitindo o livre acesso a tudo isso, seja no presídio ou nas nossas ruas.
    Percebem que desde que o PT subiu ao poder tudo piorou? Antonio Gramsci em ação.

  4. É ISSO AI VAMOS CAGAR NA CARA DO ESTADO, VAMOS CAGAR NA CARA DAS AUTORIDADES, QUEM SABE UMA HORAA SOCIEDADE PERCEBE ISSO E RANCA ESSES CANCERES, ESSAS AMEBAS DE LA A TAPA .
    VAMOS CHEIRAR , VAMOS BEBER, ESTAMOS NUM LIXO DE PAÍS.

  5. Não convidaram Edleyda para dar uma cheirada?
    Não convidaram o governador para dar uma cheirada?
    Não convidaram a chefA da QUADRILHA do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia para dar uma cheirada?
    O BRASIL está podre com essa gentalha do JUDICIÁRIO.

  6. Nesse lugar ai goias q he um faroeste tupininquin,ninguem cobra ninguem pois as autoridades tao preocupadas somente em roubar e a administracao da coisa publica fica ao encargo de uns poucos funcionarios honestos q trabalham por 1000 funcionarios vagabundos ou ausentes.He uma terra de ninguem em q os presidiarios sao mais organizados e unidos.Deixem eles em paz administrando a prisao,sai barato eles la dentro,so 3 quentinhas por dia por cabeca.Mesmo fazendo festa e degolando os inimigos.

  7. Dona e-dlei-dy (ou será que ela imagina que se pronuncia e-di-lei-dy?), convenientemente, esquece de que era ela a RESPONSÁVEL pelo estabelecimento penal, seja lá o que venha a ser apurado.
    .
    E sobrou a sensação de que, se dermos a esta senhora duas tartarugas para cuidar, uma foge e a outra engravida!

    1. Então a papoula, a amônia e a querosene também são… aiai.. larga o beck e vai estudar moleque! Mas não Marx (outra droga), por favor!