Feder diz que recusou convite de Bolsonaro para ser ministro da Educação

O secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, disse em suas redes sociais que recusou o convite para assumir o Ministério da Educação.

“Recebi na noite da última quinta-feira uma ligação do presidente Jair Bolsonaro me convidando para ser ministro da Educação. Fiquei muito honrado com o convite, que coroa o bom trabalho feito por 90 mil profissionais da Educação do Paraná. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro, por quem tenho grande apreço, mas declino do convite recebido. Sigo com o projeto no Paraná, desejo sorte ao presidente e uma boa gestão no Ministério da Educação.”

Mais cedo, Feder havia se pronunciado sobre os ataques de bolsonaristas que vinha recebendo desde que seu nome foi anunciado.

Leia mais: A receita lulista seguida à risca por Bolsonaro. Clique para ler na ÍNTEGRA
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO