Feira “à disposição”

João Santana havia pedido acesso aos autos da Lava Jato sobre os pagamentos que recebeu das empreiteiras no exterior. Sergio Moro negou, mas sugeriu ao marqueteiro da campanha de Dilma que se antecipasse e esclarecesse o relacionamento com o grupo Odebrecht.

A Folha noticia que o “Feira” agora se colocou “à disposição” para prestar depoimento tão logo seja convocado pelo juiz federal.

Com o fim da era dos recursos infinitos, os investigados correm contra o relógio.

Faça o primeiro comentário