Feira e Dona Xepa se enrolam

A mulher do Feira, a Dona Xepa, disse que os pagamentos do operador Zwi Skornicki foram feitos a pedido do MPLA, o partido do presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

José Eduardo dos Santos foi eleito em meados de 2012. Os pagamentos de sua campanha foram realizados naquele período, de acordo com os documentos publicados em maio de 2015 pelo próprio João Santana.

Ele disse:

“Os valores pagos pelo MPLA foram depositados na conta que a Pólis Propaganda e Marketing mantinha no Banco Sol, em Angola, nas datas de 25 de junho e 27 de julho de 2012, conforme os documentos apresentados acima. Qualquer rastreamento irá confirmar que só recebemos recursos de nosso cliente, o MPLA. Tentar relacionar nossa empresa a uma investigação qualquer não passa de exploração política. A Pólis transferiu os valores para a conta que mantém no Bradesco, em Salvador, Bahia, onde fica a sua matriz, na data de 14 de setembro de 2012”.

Os 4,5 milhões de dólares de Zwi Skornicki foram recebidos por Feira e Dona Xepa entre setembro de 2013 e novembro de 2014, dois anos e meio depois.

Durante a campanha de Dilma Rousseff.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200