Feitiço contra feiticeiros

Eduardo Cunha tenta se defender usando contra o PT o mesmo argumento que o PT usa contra Eduardo Cunha.

Leiam o que o presidente da Câmara disse à Folha:

“O governo diz que a presidente é legitimamente eleita e que, por isso, não pode ser cassada por ato do Congresso. E eu, que também fui legitimamente eleito, posso ser cassado? O meu pode e o deles não?”

Cunha e Dilma sabem que podem – e merecem – ser cassados. E pegam carona na ruína um do outro buscando alguma sobrevida.

Faça o primeiro comentário