Feliciano: “Amanhã STF poderá estar censurando a liberdade de culto nas igrejas”

O deputado Marco Feliciano chamou a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF, de censurar a Crusoé e O Antagonista de “absurda e inconstitucional”.

“É uma afronta direta aos maiores e melhores valores republicanos inscritos da Constituição Federal: liberdade de expressão e consciência são cláusulas pétreas, e a liberdade de imprensa é um dos pilares da democracia e do Estado de Direito. Hoje o STF censura o Antagonista. Se nada for feito, amanhã poderá estar censurando a liberdade de culto nas igrejas. Com essa decisão, evidentemente corporativista, é a própria Suprema Corte como instituição que fica manchada.”

Novo Antagonista: reserve seu lugar na semana de lançamento. Confira aqui