Feliciano é citado em queixa-crime de Caetano

O deputado Marco Feliciano foi citado pelo STF no âmbito da queixa-crime apresentada em dezembro passado por Caetano Veloso, que quer a condenação do deputado por “injúria e difamação”.

Feliciano postou nas redes sociais que “estupro é crime imprescritível” e que o MPF deveria pedir a prisão do cantor, em referência ao fato de Caetano ter mantido relações sexuais com Paula Lavigne quando ela contava 13 anos.

Comentários

  • Marco -

    Acho q esse camarada nem acredita em Deus. Sua única preocupação é o dinheiro!

  • Marco -

    Feliciano tem razão : estupro é crime imprescritivel. Mas apenas quando cometido por pessoas comuns, mas Caetano não é comum, Caetano é o DEUS da música brasileira, venerado pela esquerda-caviar, e ele estupra quem bem entender, confessa em rede nacional e ainda processa quem o chamar de criminoso ! Nessa terra os valores estão apodrecidos...

  • jeferson -

    Eu não estou entendendo ! Quem cometeu crime foi Caetano e a justiça está atrás do Feliciano ? O Brasil é o país do avesso !

Ler 99 comentários