ACESSE

Fernando Pimentel é indiciado por suposto desvio de quase R$ 1 bilhão

Telegram

O petista Fernando Pimentel, ex-governador de Minas Gerais, foi indiciado pela Polícia Civil do estado por peculato — subtração ou desvio de dinheiro público.

Ele é suspeito de ter desviado quase R$ 1 bilhão em empréstimos consignados que não eram repassados aos bancos.

Segundo as investigações, o valor total que não foi repassado chegou a R$ 924 milhões.

Além de Pimentel, o ex-secretário da Fazenda José Afonso Bicalho Beltrão da Silva também foi indiciado pelo crime.

Se forem condenados, ambos pegar de 2 a 12 anos de prisão.

Leia também: Exclusivo: pistas sobre o assassinato que assombra o PT.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 41 comentários